Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos.


13 / out / 2022 • Por: Maestro ABM

ABM, ABX ou Inbound: qual é o melhor marketing?

guia account based experience

Quando uma empresa resolve investir em ações de marketing, existem diversas metodologias disponíveis para escolher. Dentre as opções mais conhecidas estão o Inbound Marketing e o Account-Based Marketing (ABM). Além disso, mais recentemente, surgiu também o Account-Based Experience (ABX), uma espécie de evolução do ABM.

O problema é que, com tantas possibilidades, surge a dúvida: afinal, qual é o melhor marketing? Em qual devo investir?Podemos adiantar que a resposta para essa questão não é objetiva: vai depender dos objetivos e características de cada negócio. Também é possível, é claro, combinar mais de uma delas.

Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, no artigo de hoje vamos comparar essas abordagens para que você decidir qual é a ideal para a sua empresa. Continue a leitura para entender as diferenças entre ABM, ABX e Inbound Marketing.

Quais são as diferenças entre ABM, ABX e Inbound Marketing?

Para que as diferenças entre ABM, ABX e Inbound fiquem bem claras, vamos falar sobre as principais características de cada uma dessas metodologias, as diferenças entre elas e para qual tipo de empresa cada uma é indicada:

Para começar, o que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing, ou marketing de atração, é uma estratégia usada pelos negócios para atrair consumidores de forma menos intrusiva, fazendo com que potenciais clientes se interessem pela empresa e a procurem, e não o contrário. 

A estratégia surgiu nos anos 2000 e se popularizou na década seguinte. Para colocá-la em prática, é preciso produzir conteúdos de qualidade, como posts de blog, ebooks, entre outros formatos, focados nos temas de interesse do público-alvo da empresa.

Quando os potenciais clientes pesquisam sobre esses assuntos, encontram os conteúdos e podem aprender e tirar dúvidas. Com isso, espera-se que a empresa se torne uma autoridade e ganhe relevância em seu mercado de atuação. 

Além de atrair tráfego, o Inbound Marketing também prevê ações voltadas para a conversão de visitantes em Leads e, em seguida, em clientes. É preciso, também, qualificar os contatos que chegam. Por fim, é recomendado fazer análises das ações para implementar melhorias constantemente. 

Em comparação com o ABM e o ABX, sobre os quais falaremos adiante, o Inbound Marketing é uma estratégia mais barata. Por isso, pode ser aproveitada pela maioria dos negócios. Por outro lado, também envolve níveis menores de personalização, o que a torna menos efetiva para empresas que fazem vendas complexas.

O que é Account-Based Marketing (ABM)?

O Account-Based Marketing, por sua vez, pode ser traduzido como marketing baseado em contas. A estratégia também surgiu nos anos 2000, mas só ganhou destaque mais recentemente. A ideia é, basicamente, não focar em potenciais clientes de maneira massiva como ocorre no Inbound Marketing, mas, sim, em contas específicas, buscando qualidade e não quantidade. 

Para isso, as empresas que investem em ABM fazem campanhas personalizadas de atração, aquisição, expansão e retenção voltadas para contas selecionadas previamente, focando naquelas que valem o alto investimento envolvido nesse tipo de ação. 

Ao contrário do Inbound Marketing, o ABM não é recomendado para a maioria das empresas. Para negócios que têm um ciclo de vendas rápido ou ticket médio baixo, por exemplo, os esforços envolvidos em campanhas desse tipo não compensam.

O ABM é mais indicado para empresas que vendem para grandes empresas (B2B), como as que fazem vendas complexas, de ticket médio alto, que envolvem vários tomadores de decisão e diversas reuniões para que o negócio seja concretizado. 

E o que é Account-Based Experience (ABX)?

Por fim, temos o Account-Based Experience (ABX), uma estratégia ainda mais recente e inovadora, que pode ser considerada uma evolução do ABM.

Aqui, a ideia é criar campanhas personalizadas e relevantes, focadas em contas específicas, da mesma forma que no ABM, mas com um adendo: colocando sempre os potenciais clientes no centro das ações. Para isso, o ABX prevê a adoção de princípios de customer experience (CX, ou experiência do cliente).

Em vendas B2B, são diversos os tomadores de decisão envolvidos, o que exige estratégias específicas para alcançá-los. No entanto, tradicionalmente, o ABM foca em identificar contas importantes, sem considerar o melhor timing para fazer essa abordagem. 

O diferencial do ABX, portanto, é incluir a preocupação com a experiência vivida pelos clientes em potencial, colocando-os no centro de todas as etapas da jornada de compra. Para isso, é preciso levantar dados que permitam saber qual é o melhor momento de fazer uma abordagem. 

Dessa maneira, é possível entrar em contato com potenciais clientes nos momentos em que eles estão mais propensos a interagir, fazer interações personalizadas, aumentar a retenção dos consumidores. 

O ABX é valioso para os mesmos perfis de empresa para os quais o ABM faz sentido. Porém, com a preocupação com a experiência dos clientes, a estratégia torna-se ainda mais eficaz. 

software vendas b2b

ABM, ABX ou Inbound Marketing? Afinal, qual escolher?

Como você pode perceber, o Inbound Marketing é uma estratégia mais abrangente, que pode ser usada por diversos perfis de negócio. No caso de empresas que fazem vendas complexas, B2B, com longos ciclos de venda, ticket médio alto e um grande número de decisores envolvidos, o mais recomendado é optar pelo ABM ou pelo ABX.

Isso não quer dizer, no entanto, que as iniciativas são excludentes. Em alguns casos, pode ser interessante combinar mais de uma delas.

Aprenda Account-Based Marketing na prática com a nossa certificação em ABM

Agora que você já sabe a diferença entre ABM, ABX e Inbound Marketing, saiba que pode continuar se aprofundando no assunto com a nossa certificação em Account-Based Marketing

Com ela você aprende os fundamentos do ABM na prática, tudo com o auxílio de uma metodologia simplificada e de grandes nomes do mercado. São mais de 15 horas de conteúdo para assistir quando quiser. E você ainda conta com provas, materiais complementares, ferramentas e emissão de certificado no final. 

Além disso, você pode se conectar com outros profissionais, trocar experiências e fazer networking. Transforme sua carreira e aprenda a vender para grandes empresas. Inscreva-se agora!

Compartilhar esse post