Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos.


04 / out / 2022 • Por: Maestro ABM

Quer ABM, mas não quer investir em ABM

O Account-Based Marketing está cada vez mais em pauta aqui no Brasil quando o assunto é vendas B2B. Ultimamente, é comum ouvir muitas empresas falando que vão fazer ABM, ou ainda, que já estão fazendo. Na verdade, elas não fazem.

O que eu mais ouço é

“Ah, mas eu posso fazer internamente.”

“Eu não preciso contratar ferramenta.”

“Eu não quero capacitar meu time.”

Eu acho o maior erro que pode acontecer. Esse pode até ser um tema que eu nem gostaria de abordar por aqui, mas muitas pessoas trazem até mim esse assunto, então achei importante abrir a discussão.

Os melhores investimentos que uma empresa pode fazer é em pessoas e em tecnologia

Investir em pessoas e em tecnologia pode trazer escalabilidade. Criar novos processos, informações e desenvolver as pessoas são fatores muito importantes, independentemente do setor da empresa.

Provavelmente você já ouviu aquela frase muito famosa do Einstein, que fala:

Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual!

E ele não podia estar mais certo.

Não basta só querer, é preciso fazer

Querer é poder? É sim, mas tem que fazer também. Se você quer resultados diferentes, se você quer resultados melhores, é claro…é preciso fazer diferente. Melhorar processos e investir em pessoas são os principais, eu diria. São o core de um negócio.

Quer os resultados de uma estratégia de Account-Based Marketing? Então, você vai ter que fazer ABM. Não tem outro jeito.

Leve essa informação para o seu gestor ou gestora que cuida dos processos. Questione “por que a empresa não desenvolve o meu time para a gente ganhar velocidade e melhores resultados?”

Alguns motivos pra você investir em ABM são…

  • O ROI fica super fácil de se mensurar quando existe uma área de ABM na empresa. Você entende o quanto investe em suas contas e o resultado que elas trazem. Não precisa trabalhar em massa, mas sim com qualidade e foco no desenvolvimento das contas.
  • O ABM não é um projeto piloto, que pode ficar de lado com o tempo. É um processo contínuo, trabalhado semanalmente. Fazemos uma revisão da semana anterior e o planejamento estratégico da semana seguinte.
  • Analisamos acertos e pontos a melhorar, pensando no que funcionou e pode ser replicável, o que não funcionou e se torna aprendizado. Realizamos testes semanais de entregabilidade e qualidade das contas.
  • Atualmente, nossos clientes fazem uma média de 22 pontos de contato até a primeira reunião. O envio de poucos e-mails e logo desistir da conta não é uma realidade para nós. Pensamos em planos diferenciados de entregabilidade para o seu playbook de ABM. 

 

Se você quer implementar o Account-Based Marketing, conte com o Maestro. Vamos colocar essas e muitas outras ações em prática. Além disso, temos muitos conteúdos e processos que vão te ajudar. Também temos a certificação em ABM, conteúdo que te ensina a criar uma estrutura sólida e replicável do zero. 

Olhe para o seu projeto, peça ajuda, compartilhe informações com seus gestores e gestoras e transforme os seus processos de maneira eficiente. Esse é o caminho, e não esqueça: o Maestro ABM está ao dispor para te ajudar a orquestrar!

Compartilhar esse post